Entenda como funciona o boletim informativo sobre o coronavírus em Chã Grande – Prefeitura Municipal de Chã Grande

Entenda como funciona o boletim informativo sobre o coronavírus em Chã Grande

Publicado em 17 de abril de 2020, por Paulo Sérgio

Desde o dia 22 de março, o município de Chã Grande passou a divulgar o boletim informativo sobre o novo coronavírus. Desde então, é através dessa ferramenta que a população chã-grandense acompanha a evolução da situação envolvendo a COVID-19. O boletim, divulgado pela Vigilância Epidemiológica e repassado aos meios de comunicação, segue o exemplo de boletins divulgados por todo o país, como forma de informar sobre o avanço da doença.

Inicialmente, o boletim chã-grandense trazia três informações básicas: casos em investigação, casos descartados e casos confirmados. Desde o último domingo (12), o boletim passou a informar também pessoas em monitoramento. Cada um dos pontos tem a sua função dentro do boletim informativo. E é sobre isso que iremos explicar.

Monitoramento – O primeiro ponto é o monitoramento. Por não ter sido incluído desde o início no boletim, sua inclusão causou espanto e curiosidade na população chã-grandense, já que apareceu indicando 55 pessoas em monitoramento.

O monitoramento indica pessoas que estão passando ou que já passaram por essa fase. Inicialmente, segundo a Secretaria de Saúde, era destinada às pessoas que chegaram de outros países e estados com casos registrados. Depois passou a ser estendido a pessoas que tiveram contato com casos confirmados, ou que estejam em investigação.

O monitoramento leva em torno de 14 dias. Nesse período, o paciente pode não apresentar nenhum sintoma da COVID-19. Após esse período, caso isso ocorra, o monitoramento deixa de ser feito. Mas se nesse período a pessoa apresentar algum sintoma gripal característico da doença, o caso passa para a próxima fase.

Investigação – Após a notificação, a Vigilância Epidemiológica do município faz a coleta do material sanguíneo, que é enviado para o Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE). A partir deste momento, o caso passa ao estado investigativo. O resultado do exame vai indicar os próximos passos.

Descartado – Caso o resultado seja negativo para o coronavírus, o paciente passa a integrar a lista de casos descartados. Até esta sexta-feira (17), o município contabiliza três casos descartados, ocorridos no início das notificações.

Confirmado – Este ponto estava zerado até o último sábado (11). Com o primeiro caso confirmado, Chã Grande passou a integrar a lista de cidades pernambucanas com casos confirmados do novo coronavírus. Outros dois casos foram registrados, sendo um na quarta (15) e outro nesta quinta (16), colocando o município em sinal de alerta máximo.


QUADRO DE AVISOS


GOVERNO MUNICIPAL